Vivemos novos tempos e a Cultura, mais uma vez, mostra sua força adaptando-se com qualidade, de maneira rápida e criativa. A partir de hoje, todas as atividades dos equipamentos que a POIESIS gerencia acontecerão virtualmente. Nesta página, você encontra todos os conteúdos que são apresentados por programa ou por linguagem artística. A atualização será diária e as novidades serão publicadas nas redes sociais dos Programas. Então curta as nossas páginas e leve + Cultura para o seu dia. Esta ação acontece em conjunto com o #culturaemcasa, desenvolvido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. <3

Nossas
atividades
estão aqui

Fábricas de Cultura
Museus-Casas Literários
Oficinas Culturais
Foto: Divulgação.

Oficinas Culturais

LIVE

CABRA-MACHO É O ÚNICO ARQUÉTIPO POSSÍVEL PARA O NORDESTINO?

On-line

Para fechar a trilogia de LIVEs sobre as masculinidades nordestinas e os corpos dissidentes, o Núcleo de Estudos em Corporeidades Negras convida Guitinho da Xambá, músico e compositor pernambucano, vocalista do Grupo Bongar, para uma conversa sobre o tema: Cabra Macho é o único arquétipo possível para o nordestino?
A mesma narrativa que coloca o nordeste numa situação de inferioridade, cria a ideia do “cabra-macho” como um mito compensatório. Segundo o historiador Durval Muniz, autor do livro “Nordestino: Invenção do “Falo” – Uma História do Gênero Masculino (1920-1940)”, a medida que as elites da região estão cada vez mais impotentes, com a ascensão política e econômica do sudeste, cria-se a o conceito de que “somos subdesenvolvidos, mas somos machos”.
Esse conceito vai atravessar as vivências comunitárias, as relações de gênero e as distinções entre classes sociais para atingir o âmago da constituição dos donos do poder no Brasil, sempre sob a ótica do patriarcado colonizado e colonizador.
Quinta-feira | 23/7 | Às 19h. Participação aberta, sem a necessidade de inscrição prévia. Plataforma de exibição: Instagram @nucleocorporeidades

ALFREDO VOLPI 23/07 Horário:. 19:00

Compartilhe: