Vivemos novos tempos e a Cultura, mais uma vez, mostra sua força adaptando-se com qualidade, de maneira rápida e criativa. A partir de hoje, todas as atividades dos equipamentos que a POIESIS gerencia acontecerão virtualmente. Nesta página, você encontra todos os conteúdos que são apresentados por programa ou por linguagem artística. A atualização será diária e as novidades serão publicadas nas redes sociais dos Programas. Então curta as nossas páginas e leve + Cultura para o seu dia. Esta ação acontece em conjunto com o #culturaemcasa, desenvolvido pela Secretaria de Cultura, Economia e Industrias Criativas do Governo do Estado de São Paulo. <3

Nossas
atividades
estão aqui

Fábricas de Cultura
Museus-Casas Literários
Oficinas Culturais

Museus Casas-Literários

PALESTRA

CAMÕES E PETÖFI – ICONOGRAFIA DE UM CULTO LITERÁRIO

A atividade será no Anexo da Casa Guilherme de Almeida.

Com István Rácóczi

 

A palestra versa sobre a iconografia de dois poetas nacionais, Luís Vaz de Camões (1524- 1580) e Sándor Petőfi (1823-1849), português e húngaro respectivamente, que foram calorosamente abraçados pelos Românticos, que lhes tributaram um autêntico culto literário. Morrer esquecido e na miséria ou morrer jovem, ceifado no campo de batalha, são dois tópicos que serão tratados de forma comparativa através de duas telas, a de Francisco Augusto Metrass e a de Viktor Madarász, contextualizados por mitos secundários, como o do naufrágio, – em que Camões salva o manuscrito da sua epopeia -, ou da hipótese “sebastianista” sobre o segundo, em sobreviver a batalha de Segesvár fatal e ser deportado para a Sibéria, onde teria recomeçado a sua vida.

 

Para realizar a sua inscrição, clique aqui.

 

Grátis.

 

István Rákóczi  é mestre em História e Filologias Espanhola e Portuguesa (1982, Universidade ELTE de Budapeste) e doutorado pela mesma universidade com uma tese sobre “Fernão Mendes Pinto e a crítica coeva da expansão portuguesa”, bem como pela Academia das Ciências da Hungria com a tese académica “Fontes e factos, o primeiro e segundo cerco de Diu” (1996). Fez as suas provas de agregação (venia legendi) na Universidade de Pécs na Hungria em 2006. Professor catedrático, tendo exercido o cargo de Diretor do Departamento de Português da Universidade ELTE de Budapeste. É professor visitante de várias universidades, membro correspondente do CHAM e da Academia da Marinha de Lisboa, e antigo vice-presidente da Associação Internacional de História da Náutica e da Hidrografia. Suas obras e pesquisas são de caráter interdisciplinar e dividem-se entre história e literatura. Como camoniano é responsável por uma edição crítica de Os Lusíadas e recentemente duma antologia lírica de Luís Vaz de Camões na Hungria.

Casa Guilherme de Almeida 26/01 Horário:. 19:00

Compartilhe: