Vivemos novos tempos e a Cultura, mais uma vez, mostra sua força adaptando-se com qualidade, de maneira rápida e criativa. A partir de hoje, todas as atividades dos equipamentos que a POIESIS gerencia acontecerão virtualmente. Nesta página, você encontra todos os conteúdos que são apresentados por programa ou por linguagem artística. A atualização será diária e as novidades serão publicadas nas redes sociais dos Programas. Então curta as nossas páginas e leve + Cultura para o seu dia. Esta ação acontece em conjunto com o #culturaemcasa, desenvolvido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. <3

Nossas
atividades
estão aqui

Fábricas de Cultura
Museus-Casas Literários
Oficinas Culturais

Fábricas de Cultura

Exposições

A pARTE Ñ pRoiBidA DA mEDiDa Socioeducativa

Com muito afeto, vontade e amor a Fábrica de Cultura Diadema se junta a Fundação Casa de Diadema para realizar a exposição online de arte “A pARTE Ñ pRoiBidA DA mEDiDa Socioeducativa”.
Entre telas, painéis coletivos e máscaras, acompanhe o trabalho feito por aprendizes em medida sócio educativa orientados pelo educador Jerona Ruyce, multiartista de Diadema.

Sobre a exposição:
São obras realizadas pelo arte educador Jerona Ruyce com os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa na Fundação Casa de Diadema. São anos de muita pesquisa e dedicação. Estas obras fazem parte dos dois ambientes que formam a estrutura da Casa Diadema.

Segundo o arte educador Jerona Ruyce:
“Por mais incrível que pareça conseguimos instalar um clima substancialmente artístico e pedagógico neste centro de atendimento.
Todas estas obras estão expostas nas paredes da Casa Diadema desde 2017 a 2020.

A pARTE Ñ pRoiBidA
DA mEDiDa Socioeducativa
A vida é um processo com diversas fases e vivências complexas; e o maior desafio neste processo é a Educação. Responsável pela formação e pelo desenvolvimento humano, físico e intelectual de todos. Acredito que o ser humano carrega desejos, anseios e informações necessárias para a sua boa trajetória e aprendizado na vida. Nenhum ser humano vem vazio, como um recipiente para ser preenchido. Acredito que há uns que buscam realizações e outros que já vêm com um chamado a ser feito. E, criar uma linha do tempo com começo, meio e fim, para traduzir mistérios e situações complexas da vida é quase impossível; pois, todo este processo é infinito e, se dá conforme a vida e o aprendizado de cada um.
Revelar!
A educação está proibida? Sempre há tempo para aprender e vivenciar algo novo e transformador.
Experimentar e criar são aspectos necessários para a vida e para uma boa educação. Vejo que não existe apenas uma forma de realizar um processo educativo, não é um efeito restrito apenas dentro das escolas e instituições de ensino. A vida é um laboratório de vivências e estudos. E, eu como educador me vejo e me visto sempre de cientista, a fim de buscar/formar um grupo de estudos e pesquisas com base na realidade e nos desejos de cada um nesta sociedade.
Compor!
Para que a educação não seja proibida, temos que acreditar na vida e nas suas necessidades básicas. Respeitar, dar condição e liberdade aos processos experimentais e culturais de cada indivíduo. Valorizar a oralidade como processo de recuperação cultural, étnica, histórica e popular.
Resistir!
Desenvolver, buscar, ampliar e construir juntos, colaborativamente os conceitos que as instituições têm adotado para educar. E a ruptura do que vemos há anos se repetir nas escolas; a fim de uma nova busca, um novo horizonte, um novo “resultado”. A vida não se resume apenas em educar para o mercado de trabalho, para ganhar dinheiro e ser bem-sucedido. Acredito no caminho do bem comum, num trabalho que introduz à vida uma busca real de uma cultura de paz. E educar para que todos sejam educadores em tempo integral nesta vida.
Trabalhar com igualdade e liberdade. Proporcionar um ambiente tranquilo e propício para o aprendizado e absorção.
É dever e responsabilidade do educador cultivar e introduzir novas ideias como sementes.
Levar para dentro das escolas e instituições estímulos artísticos diversos, e desenvolver constantemente no outro e em si o gosto por descobrir. Revolucionar!”.

 

A pARTE Ñ pRoiBidA DA mEDiDa Socioeducativa

Com muito afeto, vontade e amor a Fábrica de Cultura Diadema se junta a Fundação Casa de Diadema para realizar a exposição online de arte "A pARTE Ñ pRoiBidA DA mEDiDa Socioeducativa".Entre telas, painéis coletivos e máscaras, acompanhe o trabalho feito por aprendizes em medida sócio educativa orientados pelo educador Jerona Ruyce, multiartista de Diadema.Sobre a exposição:São obras realizadas pelo arte educador Jerona Ruyce com os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa na Fundação Casa de Diadema. São anos de muita pesquisa e dedicação. Estas obras fazem parte dos dois ambientes que formam a estrutura da Casa Diadema. Segundo o arte educador Jerona Ruyce:"Por mais incrível que pareça conseguimos instalar um clima substancialmente artístico e pedagógico neste centro de atendimento. Todas estas obras estão expostas nas paredes da Casa Diadema desde 2017 a 2020.A pARTE Ñ pRoiBidADA mEDiDa Socioeducativa A vida é um processo com diversas fases e vivências complexas; e o maior desafio neste processo é a Educação. Responsável pela formação e pelo desenvolvimento humano, físico e intelectual de todos. Acredito que o ser humano carrega desejos, anseios e informações necessárias para a sua boa trajetória e aprendizado na vida. Nenhum ser humano vem vazio, como um recipiente para ser preenchido. Acredito que há uns que buscam realizações e outros que já vêm com um chamado a ser feito. E, criar uma linha do tempo com começo, meio e fim, para traduzir mistérios e situações complexas da vida é quase impossível; pois, todo este processo é infinito e, se dá conforme a vida e o aprendizado de cada um. Revelar! A educação está proibida? Sempre há tempo para aprender e vivenciar algo novo e transformador. Experimentar e criar são aspectos necessários para a vida e para uma boa educação. Vejo que não existe apenas uma forma de realizar um processo educativo, não é um efeito restrito apenas dentro das escolas e instituições de ensino. A vida é um laboratório de vivências e estudos. E, eu como educador me vejo e me visto sempre de cientista, a fim de buscar/formar um grupo de estudos e pesquisas com base na realidade e nos desejos de cada um nesta sociedade. Compor! Para que a educação não seja proibida, temos que acreditar na vida e nas suas necessidades básicas. Respeitar, dar condição e liberdade aos processos experimentais e culturais de cada indivíduo. Valorizar a oralidade como processo de recuperação cultural, étnica, histórica e popular. Resistir! Desenvolver, buscar, ampliar e construir juntos, colaborativamente os conceitos que as instituições têm adotado para educar. E a ruptura do que vemos há anos se repetir nas escolas; a fim de uma nova busca, um novo horizonte, um novo "resultado”. A vida não se resume apenas em educar para o mercado de trabalho, para ganhar dinheiro e ser bem-sucedido. Acredito no caminho do bem comum, num trabalho que introduz à vida uma busca real de uma cultura de paz. E educar para que todos sejam educadores em tempo integral nesta vida. Trabalhar com igualdade e liberdade. Proporcionar um ambiente tranquilo e propício para o aprendizado e absorção. É dever e responsabilidade do educador cultivar e introduzir novas ideias como sementes. Levar para dentro das escolas e instituições estímulos artísticos diversos, e desenvolver constantemente no outro e em si o gosto por descobrir. Revolucionar!".#culturaemcasa #vivaculturasp

Publicado por Fábricas de Cultura em Sexta-feira, 22 de maio de 2020

Fábrica de Cultura Diadema 23/05 Horário:. 18:00

Compartilhe: